Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

O livro “uma vida, duas vidas…”. as emoções dos transplantes (1)

A convite da Astellas Farma tive o prazer de apresentar o livro “Uma Vida Duas Vidas…”, nas sedes da Ordem dos Médicos, do Porto e de Lisboa. Trata-se de uma obra de que sou coautor com outros médicos portugueses, na qual relatamos as nossas experiências em transplantação (TX). É, em resumo, aquilo que eu apelidaria […]

-PUB-

A convite da Astellas Farma tive o prazer de apresentar o livro “Uma Vida Duas Vidas…”, nas sedes da Ordem dos Médicos, do Porto e de Lisboa. Trata-se de uma obra de que sou coautor com outros médicos portugueses, na qual relatamos as nossas experiências em transplantação (TX). É, em resumo, aquilo que eu apelidaria de vivências gratificantes da TX sob a forma de histórias e curiosidades com um inegável conteúdo emocional e afetivo. Como é sabido, os livros sobre temas médicos para o grande público são comuns noutros países, nomeadamente nos anglo-saxónicos, e cumprem duas missões essenciais: informação e sensibilização. Neste sentido, se há tema rico em informação, muito atual e com uma marcada componente ética, espiritual e emocional, é, seguramente, a TX por se tratar de uma atividade com um alto sentido altruístico que apela aos mais profundos valores humanos. Starzl um dos pioneiros da TX ensinou-nos: “A TX transformou os doentes, mas também mudou inexoravelmente os cirurgiões e os médicos porque as vidas de outros estiveram nas suas mãos. Alguns foram corroídos ou destruídos pela experiência, outros sublimados e ninguém ficou o mesmo”. No meu caso pessoal, sinto que a TX, a que me dediquei desde o início da minha carreira, me moldou, humanizando-me, tornando-me melhor médico e melhor cirurgião. A leitura deste livro permite-nos constatar que as diversas experiências vividas em TX e ali expressas, constituem verdadeiras lições de vida, fundamentais para a formação do Médico Hipocrático que todos procuramos ser. O testemunho de Linhares Furtado, Pai da TX no nosso país, é a este título significativo, ao dizer-nos que esta lhe proporcionou “…histórias de inexprimíveis recompensas espirituais”. A TX não foi somente a solução para milhares de doentes às portas da morte. Ela revolucionou a ciência médica já que o seu desenvolvimento contribuiu para importantes avanços nas bioengenharia, farmacologia, imunologia, genética e biologia celular e molecular. Para estes avanços, foram decisivas as constantes partilhas de informação entre o laboratório e a clínica, entre as universidades e a indústria, entre os eticistas e os políticos, e o mais importante, especialmente para os doentes, a transplantação de órgãos tornou-se uma das histórias de maior sucesso da medicina e da biologia do século XX. Foi, sem dúvida, a vitória do Homem sobre a adversidade e até, de alguma forma, sobre a natureza. Com a TX venceu-se o mito do impossível, que era pôr um órgão estranho numa pessoa e ele funcionar, e daí o reconhecimento, em várias publicações, desta extraordinária conquista da medicina. Continuaremos com este tema.

Mais Lidas | opinião

CPLP: Para que a queremos?

No rumo incerto

Residência alternada

Robert Schuman

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.