Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

O resgate de um tempo que não volta

Em Campo de Jales, junto ao afamado “cavalete” que, até então, trazia à memória aquela que foi a última exploração de ouro em Portugal, nasceu o Centro Interpretativo Mineiro de Jales, uma obra há muito desejada pelas gentes da terra e, sobretudo, pelos antigos trabalhadores do complexo que, outrora, foi “a força motriz” do concelho

-PUB-

No último sábado cumpriu-se um sonho, um desejo com 30 anos, para muitos, que, finalmente, veem no Centro Interpretativo Mineiro de Jales materializada e dignificada a memória de milhares de pessoas que, entre 1933 e 1992, por ali trabalharam.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.