Segunda-feira, 2 de Agosto de 2021

Oleiros dizem que chancela da UNESCO “não trouxe nenhuma vantagem direta”

Esta é uma das conclusões de um estudo do investigador Edgar Bernardo, que concluiu ainda que, após quatro anos da distinção alcançada na UNESCO, continuam a “não existir estratégias de promoção e consumo da olaria” adaptadas à atividade turística. 

-PUB-

A marca UNESCO, segundo a perspetiva e discurso dos oleiros tradicionais, “não trouxe, até à data, nenhuma vantagem direta reconhecida, além do acesso à matéria-prima”, revela o estudo, adiantando que esta perceção negativa do processo, “surge por entenderem não ter beneficiado como e onde previam, e haviam proposto no plano de salvaguarda feito aquando da candidatura a Património da UNESCO”.

As peças produzidas pelos oleiros estão expostas no posto de turismo, nos museus, e em alguns restaurantes e hotéis, sobretudo na cidade de Vila Real, mas estas são vendidas pelos oleiros diretamente ao consumidor/turista, “não existindo nenhuma estrutura organizada que encaminhe visitantes de forma sistemática aos postos de venda”, sublinha o investigador. 

Já os “representantes das instituições

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.