Sábado, 19 de Junho de 2021
©Arquivo VTM

Órgãos distritais do PSD de Vila Real tomaram posse

Fernando Queiroga foi reeleito como Presidente da Comissão Política Distrital do PSD

-PUB-

A Assembleia Distrital do Partido Social Democrata (PSD) de Vila Real reuniu, presencialmente e por sistema de videoconferência, no dia 12 de dezembro, no Hotel Miracorgo, em Vila Real, para analisar a atual situação política e as Eleições Autárquicas de 2021, tendo como ponto alto a tomada de posse dos órgãos distritais eleitos no passado dia 24 de outubro, para o biénio 2020-2022.

No ato eleitoral, Fernando Queiroga foi reeleito como presidente da Comissão Política Distrital do PSD, sendo também eleitos Alberto Machado para a Mesa da Assembleia Geral, Pedro Silva para o Conselho de Jurisdição e Luís Tamos para a Comissão de Auditoria Financeira.

O presidente da Comissão Política Distrital, Fernando Queiroga, salientou "o compromisso que a Comissão Política do PSD assumiu com o distrito, tendo sempre em linha de conta as políticas de proximidade e o discurso aberto com todas as seções”.

“As eleições autárquicas do próximo ano são o grande desafio e responsabilidade para nós. Estamos empenhados em contribuir para o crescimento e desenvolvimento da nossa região, com projetos e iniciativas que vão ao encontro daquilo que é melhor para cada Concelho e para a sua população, contribuindo de forma significativa para um melhor bem-estar de todos. Ambicionamos um futuro mais promissor para o nosso distrito, para cada concelho e isso só se torna possível através de resultados consistentes e projetos credíveis, que garantam a continuidade do sucesso do PSD no Distrito de Vila Real”, afirmou Fernando Queiroga.

No final do encontro foi apresentado um voto de pesar e cumprido um minuto de silêncio em memória do ex-Deputado Social Democrata Luís Pedro Pimentel e da professora Maria Dolores Monteiro, falecida recentemente e que muito trabalhou em prol do PSD Distrital.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.