Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
No menu items!
Levi Leandro
Levi Leandro
Engenheiro. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Os Seis Vereadores Executivos e a mulher de César…

Das dezoito capitais de distrito de Portugal Continental, Vila Real é a décima segunda em população recenseada, cerca de 50698, com dados das autárquicas de 2017.

-PUB-

Somente as capitais de distrito da Guarda, Beja, Bragança e Portalegre, por esta ordem, têm menos habitantes do que Vila Real, pois Castelo Branco e Évora têm mais habitantes do que Vila Real, mas menos pessoas recenseadas…

Nas eleições autárquicas, os munícipes elegem um presidente e um número par de vereadores, que está indexado ao número de recenseados no concelho. No caso de Vila Real são oito.

Quando analisamos o número dos vereadores executivos que as capitais de distrito possuem, constata-se que, Vila Real com seis, é a segunda capital de distrito que tem a média mais baixa de habitantes por vereador, cerca de 8400, só superada por Portalegre. Todas as outras, têm uma média superior a 10000 habitantes por vereador.

Vila Real, sendo um concelho com seis vereadores executivos, só é ultrapassado por Lisboa (8) e  Leiria (7). Respetivamente, com dez vezes mais e duas vezes e meia mais população do que Vila Real, por mera coincidência, todas são autarquias PS. Só que Vila Real consegue um feito que tem tanto de extraordinário como de incompreensível, pois é a única autarquia que elege oito vereadores e possui seis vereadores executivos, tantos como, Porto, Braga e Setúbal e mais do que Coimbra, Viseu, Faro, Viana do Castelo, Aveiro, Santarém e todas as restantes capitais de distrito. Vila Real, está em terceiro lugar exáqueo, com Porto, Braga e Setúbal, que têm respetivamente mais do quádruplo, mais do triplo e mais do dobro dos recenseados de Vila Real. A diferença é tão descomunal, que me permite concluir que podemos ter menos habitantes, mas temos mais vereadores…

Refletindo um pouco sobre o assunto, verificamos que em quarenta e um anos de eleições autárquicas (1976/2017), sempre tivemos no máximo quatro vereadores, no mandato em curso (2017/2021) e no mandato anterior (2013/2017), o presidente do executivo é o mesmo, o concelho é o mesmo, tudo é  igual, somente o número de vereadores mudou. Só com  demagogia e alguma imoralidade conseguem justificar aos munícipes de Vila Real, não de forma convicta, o crescimento de quatro para SEIS, mais 50% dos vereadores existentes. Aliás, se as pessoas tiverem memória, recordar-se-ão que em 2001, quando o PSD propôs o quarto vereador executivo, ainda o sr. presidente da CMVR era um jovem ex-JS, lembrar-se-ão da forma vigorosa como os vereadores e deputados municipais do partido socialista de então, contestaram a medida proposta… Mas, pelos vistos, só os tolos é que não mudam de opinião…

Hoje a classe política está cada vez mais descredibilizada perante a sociedade, são os portugueses que o dizem e demonstram… Tal como a mulher de César, não basta ser, deve ser e parecer, pois são com medidas como esta, que os políticos perfilham, que a sua descredibilização aumenta de forma exponencial e um presidente iluminado, arrisca-se a entrar em curto-circuito…
 

OUTROS ARTIGOS

ARTIGOS DE OPINIÃO + LIDOS

Mais lidas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.