Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
© Mariana Ribeiro

Pedreiras recrutam imigrantes por falta de mão de obra local

As empresas de extração de granito de Vila Pouca de Aguiar e de Boticas estão a recorrer a imigrantes para colmatar a falta de mão de obra que marca o setor no distrito de Vila Real.

-PUB-

Alguns trabalhadores chegaram do sul do país após deixarem o trabalho agrícola.
Rafaqat Alia, do Paquistão, e Rashpal Singh, da Índia, são dois desses exemplos.

Trabalharam na agricultura em Odemira e Faro e estão agora na empresa ASG Construções e Granitos, em Vila Pouca de Aguiar. São ambos operários e trabalham com máquinas que estavam paradas antes da sua chegada.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.