Sábado, 12 de Junho de 2021

Presidente do SC Cumieira “surpreendida” com palavras do treinador da Diogo Cão

Isabel Morais ficou surpreendida com as palavras do treinador da Diogo Cão, Armando Maravilhas, que revelou em entrevista que a direção do Cumieira não terá aceitado adiar o jogo de amanhã.

-PUB-

“Tentamos adiar este jogo, mas o Cumieira não teve a compreensão dos nossos problemas”, disse Armando Maravilhas em entrevista.

Em resposta ao treinador, a presidente do Cumieira, Isabel Morais, publicou um comunicado na página oficial de Facebook do clube a esclarecer o que se terá passado, revelando que “houve efetivamente um pedido de adiamento da primeira jornada da AFVR série A, Diogo Cão vs Cumieira, por telefone, por parte de um diretor da Diogo Cão. As razões que me invocou foram que a sua equipa sénior não estava preparada para a realização do jogo, alegando que estiveram sem treinar algum tempo, e que teriam o seu treinador principal em quarentena. Ou seja, não havia nenhum jogador infetado com Covid-19 positivo, mas sim falta de preparação no período pré-competitivo”.

A presidente refere ainda que também tentaram em outras épocas fazer jogos de preparação com a Diogo Cão, o que “lhe foi sempre negado”.

No entanto, esclarece Isabel Morais que não se tratou de “represálias”, apenas por sentir que o “adiamento se deveria apenas e exclusivamente o facto de a Diogo Cão, na pessoa do seu diretor, afirmar que não estavam preparados para o encontro”.

No mesmo documento, a dirigente afirma que pauta “sempre pela verdade desportiva” e diz ainda estar disponível para ajudar outras equipas em dificuldades, mas não pode compactuar com “inverdades”.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.