Quarta-feira, 6 de Julho de 2022

Proximidade e dedicação na origem dos bons resultados

Assente em práticas que objetivam a valorização das competências e o desenvolvimento de capacidades de excelência dos alunos, a Escola Profissional Agostinho Roseta – Vila Real (EPAR - VR) distingue-se pela “proximidade e dedicação”.

“Somos uma escola pequena e dedicada aos nossos alunos. Existe uma grande proximidade entre toda a comunidade educativa, é muito ativa e participativa, tanto em atividades curriculares como extracurriculares”, explica Ana Sofia Silva, professora na EPAR – VR.

No que respeita à oferta formativa, têm optado por especializar alunos na área da multimédia, provenientes de diferentes concelhos da região. O compromisso é “preparar profissionais qualificados aptos a exercer profissões ligadas ao desenho e produção digital de conteúdos multimédia e a desempenhar tarefas de caráter técnico e artístico para criarem soluções interativas de comunicação”, dotando-os de competências abrangentes e com a possibilidade de enveredarem por diferentes saídas profissionais.

Embora com uma forte componente profissionalizante, nos últimos anos “cada vez há mais alunos com vontade de prosseguir os estudos para o Ensino Superior. Notamos, ainda, que as aspirações deles se mantêm focadas na área da multimédia”. No âmbito das parcerias externas que permitem a realização da Formação em Contexto de Trabalho, Ana Sofia Silva refere que “tentamos manter um contacto regular com as entidades que acolhem os nossos estagiários, retirando sempre dessa experiência algumas dicas para que a formação ministrada seja cada vez mais adequada às necessidades do mercado de trabalho”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.