Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Qualidade tem aumentado

Os vinhos de Trás-os-Montes foram avaliados em mais uma edição do concurso promovido pela Comissão Vitivinícola Regional (CVRTM) e amolgado pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV).

-PUB-

Durante dois dias, estiveram a concurso 102 vinhos de 29 produtores inscritos na Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes, o que “atendendo à época” é um sinal positivo. 

O painel de jurados, constituído por enólogos, jornalistas, escanções e sommeliers, foi unânime: a qualidade dos vinhos de Trás-os-Montes tem aumentado. 

“Tenho sentido um crescimento em termos de qualidade e também em diversidade. Os brancos com perfis completamente diferentes e os tintos com um pouco mais de consistência”, referiu Luís Gradíssimo, um dos avaliadores do concurso e formador de vinhos. 

Carla Tiago, enóloga numa empresa da região do Douro, partilha da mesma opinião e considerou os vinhos que provou “surpreendentes”. “Especialmente os mais antigos, com mais algum tempo de evolução”. 

A maturação,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.