Sábado, 2 de Julho de 2022

Que fazer aos doentes?

No passado Domingo, dia onze deste mês de Fevereiro, um dia até há pouco dedicado à Senhora de Lurdes, ocorreu a celebração do Dia do Doente, uma jornada criada pelo Papa João Paulo II que entre nós ficou esquecida por causa do referendo. Desejou o saudoso Pontífice chamar a atenção do mundo para a realidade […]

No passado Domingo, dia onze deste mês de Fevereiro, um dia até há pouco dedicado à Senhora de Lurdes, ocorreu a celebração do Dia do Doente, uma jornada criada pelo Papa João Paulo II que entre nós ficou esquecida por causa do referendo.

Desejou o saudoso Pontífice chamar a atenção do mundo para a realidade humana do sofrimento que foi sempre um desafio posto aos que têm saúde e que ameaça transformar-se num drama da nossa época. Efectivamente, a doença acompanha a humanidade desde o início, e a mensagem do Evangelho, ao mesmo tempo que manda respeitar e desenvolver a vida humana, estimula os cuidados na recuperação da saúde e integra a doença no mistério

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.