Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

Quem joga e erra assim, dificilmente pode ser candidato

A Oliveirense, antepenúltima classificada, surpreendeu o Desportivo de Chaves e impôs-lhe uma derrota que teve tanto de inesperada como de justa. Na presente edição da prova, a Oliveirense venceu pela segunda vez fora de portas e os transmontanos averbaram a segunda derrota consecutiva.

-PUB-

FUTEBOL II LIGA

Dois golos na primeira parte de autoria de Agdon e Bouldini, beneficiando de dois erros dos flavienses, selaram o resultado com os adeptos da casa a despedirem-se da equipa e do treinador José Mota com uma grande vaia e muitos lenços brancos nas bancadas.

Com Costinha e Wagner no onze titular, os transmontanos começaram por tomar conta do jogo e, aos 6’ um lance bem gizado por Wagner e André Luís, o ponta-de-lança dos transmontanos esteve perto do golo ao cabecear ao lado. Aos 11’, os flavienses, após um canto, tiveram nova abordagem à área de Coelho, com Kevin Medina a colocar a bola na pequena área, mas a não aparecer nenhum colega

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.