Sábado, 12 de Junho de 2021

Reação final evitou derrota

No encontro que encerrou a quinta jornada, Vizela e Desportivo de Chaves empataram a uma bola, com os transmontanos, que jogaram em superioridade numérica mais de 30 minutos, a conseguirem a igualdade em cima dos 90 minutos na conversão de uma grande penalidade, acabando o jogo com razões de queixa do árbitro do encontro, que lhes negou mais duas grandes penalidades.

-PUB-

FUTEBOL II LIGA

Álvaro Pacheco, o treinador local, operou uma mexida na sua equipa com a troca de Alvarinho por Cann. Do outro lado, Carlos Pinto, sem poder contar com os lesionados João Correia e André Luís, estreou a titulares João Reis, como lateral direito, e Luís Silva.

A jogar em casa emprestada, o Vizela entrou melhor no encontro e numa fase em que as equipas se estudavam, criou a primeira grande situação de perigo num livre aos 10’, com Marcos Paulo a obrigar Paulo Vítor a uma excelente defesa. Com mais pressão e intensidade, a equipa da casa ganhava os duelos individuas. Aos 27’ uma excelente jogada da Zag quase que dava golo, mas o

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.