Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
No menu items!

S. João da Pesqueira celebrou Dia Internacional do Vinho do Porto

No Dia Internacional do Vinho do Porto, o município de S. João da Pesqueira que é o maior produtor de Vinho do Porto, celebrou esta data, por sentido de dever, porque o vinho e a vinha nos são vitais e intrínsecos.

-PUB-

Mais uma vez, o município levou a cabo as comemorações do Dia Internacional do Vinho do Porto no Museu do Vinho, um Museu do território que simbolicamente neste concelho, representa um fiel depositário da história ancestral do vinho na região, seus contextos e complexidades, numa associação “feliz entre o passado e o futuro, o conhecimento e a cultura, absolutamente associados ao vinho do Porto”, revela a autarquia em comunicado.

Neste quarto ano em que se comemorou o Dia Internacional do Vinho do Porto, houve um jantar/tertúlia, seguindo-se um debate sobre temas da viticultura e da região, num jantar servido pela Escola Profissional, a Esprodouro – Escola Profissional do Alto Douro, com harmonizações com vinhos do Porto.

Estiveram presentes várias personalidades e amantes do vinho, representantes de instituições de relevo, nomeadamente os presidentes do IVDP – Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, da TPNP – Turismo do Porto e Norte de Portugal, da AEVP – Associação de Exportadores de Vinho do Porto, da Federação Renovação Douro – Casa do Douro, representantes da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho, da LAM – Liga dos Amigos do Douro, das Confrarias do Vinho do Porto e da Confraria dos Vinhos do Douro, o deputado Agostinho Santa, o Reitor da UTAD – Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro, a jornalista Helena Ferro Gouveia, bem como representantes das empresas de Vinho do Porto da região, que nos honraram com a sua presença e que valorizaram sobremaneira o evento.

A moderação da tertúlia ficou a cargo de Emídio Gomes e António Saraiva.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.