Sábado, 22 de Janeiro de 2022
© Arquivo VTM

Serviço de consulta aberta regulariza na próxima semana

O Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar tem estado a funcionar com recursos limitados nas últimas duas semanas. A falta de clínicos na modalidade de Consulta Aberta motivou queixas e indignação por parte dos utentes aguiarenses, sobretudo na última semana, altura em que a ausência de médicos mais se fez sentir

-PUB-

Em declarações à VTM, Laurentina Teixeira, diretora do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Alto Tâmega e Barroso, explicou que, na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) aguiarense, “existem, à data, “três médicas de atestado, uma delas já há bastante tempo. Quanto às outras duas, as situações em causa praticamente coincidiram, uma numa sexta-feira e a outra no domingo. Uma das médicas assegurava o serviço da Consulta Aberta à segunda-feira e, por isso, tivemos uma semana muito difícil. Houve, de facto, alguns dias em que foi complicado assegurar essas consultas”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.