Quinta-feira, 29 de Setembro de 2022

Tão difícil quanto justa…

Logo na jogada inicial, o Régua perdeu uma excelente oportunidade de abrir o ativo por Júlio. A supremacia atacante pertencia aos durienses e, aos 5’, foi Carlos Pereira a não acertar na baliza.

-PUB-

FUTEBOL AFVR JUNIORES

Aos 11’, o técnico local é obrigado a mexer no seu xadrez devido à lesão de Lucas. No lance seguinte, Carlos Pereira tem uma jogada de bom pormenor, culminada com um remate à barra. Aos 20’, Silva derruba um avançado reguense na área, grande penalidade assinalada que Júlio não conseguiu converter, com Bruno a defender. O Régua continuou a ameaçar as redes do Constantim, mas a falta de pontaria e a boa atuação de Bruno faziam desesperar o técnico David Gouveia. Aos 35’, Filipe foi obrigado a impor-se pela primeira vez, o que mostra que o Constantim conseguia levar a água a bom moinho, com o nulo a verificar-se ao intervalo.

No segundo

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.