Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Uma iniciativa de sucesso

Como noticiado em edição anterior, decorreu, nos dias 11, 12, 15, 18 e 19 de Agosto, por iniciativa da Secção de Canoagem do Grupo Desportivo e Cultural de Vilarelho, a 2.ª edição das Oficinas de Canoagem, integrada no programa “Verão Cultural” da Autarquia e da E.M. VitAguiar, na Barragem da Falperra, em Vila Pouca de […]

Como noticiado em edição anterior, decorreu, nos dias 11, 12, 15, 18 e 19 de Agosto, por iniciativa da Secção de Canoagem do Grupo Desportivo e Cultural de Vilarelho, a 2.ª edição das Oficinas de Canoagem, integrada no programa “Verão Cultural” da Autarquia e da E.M. VitAguiar, na Barragem da Falperra, em Vila Pouca de Aguiar, que, este ano, contou com um espaço para lazer e outro para as acções de formação, ligados por um percurso pedestre que convidava a um passeio de cerca de 800 metros, em volta da barragem, protegidos do sol, pelo arvoredo luxuriante.

O nível de adesão esteve directamente condicionado pelas condições climatéricas, ao longo dos dias, com participantes dos mais variados locais. Este ano, a presença das gentes do concelho foi muito superior à edição anterior, o que nos reforça a motivação para o desenvolvimento de mais actividades.

Se os primeiros dois dias se revelaram um extenuante vaivém de participantes extasiados com a sensação propiciada pela actividade que só se veria no fim-de-semana seguinte, o dia 15 (feriado) ficou arruinado pela presença constante da chuva, embora proporcionasse tempo livre àqueles que acompanhavam a actividade para, também eles, desfrutarem dos “kayakes” e do espaço natural; sim… porque só a falta de água é impedimento à prática da canoagem. Com o reaparecimento do sol, muitos foram os participantes que acorreram ao local, uns pela primeira vez, outros já repetentes.

As oficinas contaram com a presença do conterrâneo Henrique Ferraz, embora um simpático adolescente, é já possuidor de uma vasta experiência, agraciando-nos com novas técnicas e aperfeiçoamento de outras, executando também manobras “Freestyle”, para regalo daqueles que se encontravam, no local, a assistir.

Com o apoio da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar e da Delegação do INATEL de Vila Real e com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos, Discoteca Aquilae e Pizzaria Casa Mia, esta actividade permitiu, mantendo as actividades gratuitas aos participantes residentes no concelho, a recolha de receita que garantiu a compra de uma canoa de 2 lugares, para, assim, fomentar a prática da actividade, entre pais e filhos.

Para finalização das actividades em águas calmas, está a ser lançada para a forja a ideia de um passeio aventura, com acampamento, de 2 dias, para o final de Setembro… Vamos a ver… pois a época das águas bravas, não tarda nada, está aí!

 

Cazé Dias

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.