Segunda-feira, 2 de Agosto de 2021

Unidade de cuidados continuados abre quinta-feira

A nova unidade de cuidados continuados de média duração e reabilitação do Hospital da Misericórdia de Valpaços entra em funcionamento dia 2 de julho e é uma “mais-valia para toda a região”, disse hoje à Lusa o provedor.

-PUB-

“A abertura desta unidade vem aumentar a capacidade de resposta neste setor tão carenciado”, destacou o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Valpaços, no distrito de Vila Real, Altamiro Claro.

O equipamento, que dispõe de 22 camas, está instalado no Hospital de Valpaços e dirige-se a pessoas com perda transitória de autonomia, potencialmente recuperável, que necessitem de cuidados clínicos, de reabilitação e de apoio psicossocial, em regime de internamento de média duração, explicou.

O financiamento desta unidade é assegurado através de um contrato-programa entre a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, o Instituto da Segurança Social e a Misericórdia de Valpaços.

Altamiro Claro sublinhou ainda que a abertura da Unidade de Cuidados Continuados representa o culminar de um processo que teve início com a assinatura em dezembro de 2016 de um memorando de entendimento entre município, misericórdia e ARS Norte para a reabertura do Hospital de Valpaços.

Em comunicado, a Câmara de Valpaços também destacou que a nova unidade irá “colmatar uma lacuna na área da saúde, não só neste concelho, como também na região, proporcionando uma recuperação mais perto da área de residência aos utentes que necessitem cuidados de saúde especializados”.

“Esta unidade integra a rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e dispõe de 22 camas. Valeu a pena a parceria alcançada entre a Câmara Municipal de Valpaços e a Santa Casa de Misericórdia de Valpaços”, acrescenta a nota publicada na página oficial na rede social Facebook.

Encerrado desde 2011, o hospital reabriu em novembro de 2019.

As obras e os equipamentos foram assumidos em partes iguais pela misericórdia e autarquia valpacenses, com um custo aproximado de cinco milhões de euros.

Já se encontram em funcionamento as valências de Consultas Externa, Medicina Física e Reabilitação, Análises Clínicas, prevendo-se que no próximo dia 11 de julho se iniciem as primeiras cirurgias e a consequente abertura do Internamento.

O Hospital de Valpaços está também dotado de um setor de Imagiologia, com TAC e Raio X digitais, de última geração, que aguardam apenas o licenciamento, da Agência Portuguesa do Ambiente, explicou ainda Altamiro Claro.

Todo o processo de reabertura do hospital tem estado condicionado pela situação que o país vive decorrente da pandemia de covid-19, concluiu o provedor.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.