Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Vespa já esta a afetar os soutos

O que se temia está a acontecer. Depois da vespa chinesa nas colmeias, eis que a vespa dos castanheiros está a afetar os soutos do concelho de Valpaços e outros da região transmontana. A RefCast, Associação Portuguesa da Castanha, com sede em Vila Real, convocou uma reunião de emergência para debater o assunto.

-PUB-

A Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte lançou um alerta para a vespa do castanheiro, uma nova praga que afeta os soutos e foi detetada recentemente em Barcelos. e contra a qual está a ser delineado um plano de emergência. A Câmara Municipal de Valpaços está atenta ao problema e já divulgou informação no site do Município.

Segundo especialistas, o inseto entrou na Europa, via Itália, em 2002. Em 2005, penetrou em França e em 2012 em Espanha, chegando a destruir grande parte da produção de castanha nos soutos infetados.

Depois das doenças do cancro e da tinta, que destruíram muitos castanheiros em Portugal, estes estão agora a ser ameaçados por uma nova praga.

A Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte está atenta à vespa que aloja os seus ovos nos gomos dos castanheiros. Só quando estes formam novos ramos é que se percebem as deformações e inchaços nas folhas. Depois de infetados, os ramos não conseguem dar mais fruto.

A RefCast, Associação Portuguesa da Castanha, com sede em Vila Real, convocou uma reunião de emergência recentemente para debater o assunto. Está também já constituído um grupo de trabalho que junta elementos daquela associação, Universidade de Trás-os- -Montes e Alto Douro (UTAD) e do Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e é coordenado pela Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN).

O plano de combate à praga passa, no imediato, pela deteção das áreas afetadas, pelo que se apela aos agricultores para irem ao terreno observar os castanheiros para que se possa ainda proceder à queima dos ramos infetados.

A Câmara Municipal de Valpaços está atenta ao problema, tendo participado nas reuniões marcadas para o debater.

Recorde-se que é no concelho de Valpaços, mais precisamente na Serra da Padrela, que se situa a maior mancha de castanha judia da Europa, e onde se pode encontrar a maior mancha contínua de castanheiros de toda a Península Ibérica.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.