Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2021
Joana Moreira da Silva
Médica Veterinária. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Viajar de carro

Fazer uma viagem de carro com o seu animal de companhia pode ser um desafio, principalmente se ele for agitado e/ou nervoso. No entanto, não é impossível. E com alguma preparação poderá tornar a viagem agradável para todos. Para começar, dê-lhe o carro a conhecer, deixe-o entrar, explorar, e só quando ele estiver confiante inicie […]

-PUB-

Fazer uma viagem de carro com o seu animal de companhia pode ser um desafio, principalmente se ele for agitado e/ou nervoso. No entanto, não é impossível. E com alguma preparação poderá tornar a viagem agradável para todos. Para começar, dê-lhe o carro a conhecer, deixe-o entrar, explorar, e só quando ele estiver confiante inicie calmamente a viagem. As primeiras viagens deverão ser curtas e para locais que ele aprecie. Poderá colocar no carro brinquedos e objetos pessoais dele, como uma manta, para criar um ambiente confortável e familiar. O transporte de carro deve ser feito de forma a garantir que a condução e a segurança não fiquem comprometidas. Animais de pequeno porte devem viajar acondicionados em caixas transportadoras. Animais maiores podem viajar com cinto de segurança preso ao arnês ou na mala. Neste caso deverá colocar uma rede ou uma grelha divisória entre a mala e os bancos traseiros.

Se a viagem for longa é essencial parar a cada hora para que o seu patudo faça um pouco de exercício, beba água e faça as suas necessidades fisiológicas. Se o animal costuma enjoar não lhe dê alimento quatro horas antes da viagem e água uma hora antes. Para gatinhos e cachorros o jejum deve ser apenas de duas horas. Se mesmo assim ele enjoar procure ajuda com o seu médico veterinário para que lhe seja prescrito um anti-emético. Leve sempre consigo o boletim de vacinas do seu fiel amigo. Não se esqueça que deverá estar atualizado, isto é, vacinado e desparasitado. Se após várias tentativas não consegue tranquilizar o seu companheiro agende uma consulta prévia à viagem, o seu médico veterinário irá ajudá-lo a solucionar o problema.

Agora já tem as dicas para que dê tudo certo, boa viagem e boas férias!

CURIOSIDADE

Sabia que..para além de ser proibido e o seu cão adorar, viajar com a cabeça fora da janela pode provocar-lhe inflamações no olho e ouvidos. A multa por incumprimento das regras  de segurança pode chegar  aos 600 euros.

Mais Lidas

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.