Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Vila Real tem a primeira “Agência IN” do país

Dar a conhecer melhor as ofertas e as respostas que tem a oferecer nas várias áreas, sobretudo ao nível do turismo e do lazer, é o objectivo da INATEL com um projecto de modernização e uniformização nacional que arrancou em Vila Real. Com a sua nova imagem, a Fundação pretende ter mais visibilidade, angariar mais associados e aproximar-se da camada mais jovem.

-PUB-

No âmbito da sua aposta na modernização, a Fundação INATEL está a transformar as suas delegações em “Agências IN”, e Vila Real foi, no dia 22, o primeiro distrito do país a ver inaugurado o espaço que será o novo ‘rosto’ da instituição.

Vítor Ramalho, presidente da Fundação, explicou que a escolha prende-se com vários motivos, entre os quais “relações muito fortes” que o ligam à capital de distrito e à região transmontana. “Fiz questão que esta uniformização da imagem começasse por Vila Real”, frisou.

Localizado junto à antiga sede, a “Agência IN” tem agora, junto às torres do Miracorgo, um “espaço amplo, térreo e com uma estrutura envidraçada” que responde à aposta da INATEL de “abertura à sociedade”.

“Nestas novas agências, os associados poderão ter acesso a um conjunto de produtos da Fundação, entre os quais se incluem as viagens com desconto ou telemóveis da TMN com preços mais baixos”, explica a instituição.

Vítor Ramalho complementou referindo que na agência podem ser encontradas “respostas e serviços, ao nível nacional e internacional, a vários títulos”. “Desde logo, no Turismo, área em que apresentamos condições muito mais atractivas, quer no domínio interno, quer nos chamados programas governamentais, e que envolvem o turismo sénior, o turismo de saúde e termalismo, o turismo solidário e o programa ‘Abrir Portas à Diferença’ (direccionado para as pessoas portadoras de deficiência)”, enumerou o mesmo responsável.

“Mas, também garantimos as respostas no domínio cultural, sobretudo na relação com os Centros de Cultura e Desporto, uma vez que as parcerias com estes centros é hoje muito forte”, sublinhou o presidente da Associação, revelando que a nível nacional são cerca de 1.500 os centros activos associados da INATEL, dos quais 80 pertencem a Vila Real.

O mesmo responsável considerou que, numa altura de crise, “as respostas são muito mais exigentes, sobretudo no domínio do lazer, da cultura tradicional portuguesa, do desporto e das ofertas nas unidades hoteleiras (as quais estão a ser fortemente requalificadas).

Outros dos objectivos da INATEL com o seu novo ‘rosto’, que inclui um novo design do espaço e mesmo um novo logótipo, foi “a aproximação da Fundação aos mais jovens”, que hoje têm, no domínio das unidades hoteleiras da organização, “uma oferta de excelência”.

Na “Agência IN” de Vila Real foram investidos cerca de 70 mil euros, no entanto, na totalidade do projecto, que prevê a uniformização da imagem nas suas 24 delegações, o INATEL vai despender cerca de 10,5 milhões de euros, estando previsto serem inauguradas ainda este ano mais sete agências, e no próximo ano as restantes.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.