Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Noite ficou marcada pela chuva | © MR

Vilar de Perdizes com lotação esgotada em mais uma “noite das bruxas”

Depois de um ano de interregno por força da pandemia, a aldeia mais assombrada do país voltou a vestir-se a rigor para mais uma “noite das bruxas”. A chuva obrigou a antecipar a famosa queimada, mas não assustou nem demoveu as centenas de visitantes que rumaram a Vilar de Perdizes para festejar o Halloween

-PUB-

Apesar das condições meteorológicas adversas, foram centenas as pessoas que rumaram a Vilar de Perdizes no último domingo para uma tarde e noite “embruxadas”. Vindos de norte a sul do país, em autocaravanas, autocarros ou carro próprio, os visitantes invadiram as ruas da aldeia vestidos a rigor. A par de portugueses e de alguns emigrantes, muitos foram os grupos de jovens espanhóis e brasileiros que rumaram até à aldeia mais assustadora do país.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.