Quarta-feira, 14 de Abril de 2021

Maria do Ceu Quintas

A tua cara não me é estranha

Comecemos por evocar Guerra Junqueiro: “Quando a alma, ao termo de mil hesitações e desenganos, cravou as raízes para sempre, num ideal de amor e de verdade, podem calcá-la e torturá-la, podem-na ferir e ensanguentar, que quanto mais a calcam, mais ela penetra no seio ardente que deseja”.