Segunda-feira, 25 de Outubro de 2021

1º de Maio assinalado em Vila Real

Este ano, as comemorações foram diferentes do habitual, devido à pandemia de Covid-19.

-PUB-

Foi de cravo na mão, e com palavras de ordem, que cerca de 30 pessoas assinalaram o 1º de Maio, na Praça do Município, em Vila Real.

Este ano, não houve as habituais manifestações, mas nem por isso faltaram as reivindicações, entre elas "os cuidados e proteção que as empresas devem ter para com os trabalhadores tendo em conta a situação que vivemos", referiu António Serafim, da CGTP de Vila Real.

O  líder sindical espera que o Governo"de uma vez por todas, perceba que é necessário criar condições para apoiar, principalmente, as pequenas e médias empresas. Não podem ser os trabalhadores a pagar a fatura desta crise".

Entre as pessoas que se associaram a estas comemorações estava Helena Costa, para quem o 1º de maio ´"se tem de assinalar, ainda para mais nesta altura, em que muitos trabalhadores vão para a rua sem ser cumprida a lei".

"Vir para a rua e festejar o 1º de maio é importante para, pelo menos, forçar o Governo a olhar para esses trabalhadores", acrescentou.

As celebrações começaram por volta das 15h00 e terminaram cerca de 45 minutos depois, "cumprindo as regras de distanciamento e higiene que a DGS recomenda", concluiu António Serafim.

Notícia desenvolvida na edição de 7 de maio

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.