Domingo, 9 de Maio de 2021

55 camas disponíveis e verbas das festas investidas na luta contra o vírus

O município de Moncorvo tem em funcionamento duas unidades de acolhimento, com capacidade para 55 camas, que serão usadas “em caso de emergência ou urgência no concelho”, devido à pandemia provocada pelo coronavírus.

Em comunicado, a autarquia indica que os espaços ficarão instalados no Estádio Engenheiro José Aires, com capacidade para 20 camas, e no pavilhão municipal, com mais 35 camas.

Para além desta medida, foram canceladas todas as iniciativas culturais previstas “para os próximos meses”, sendo que o montante orçamentado será “canalizado para fazer face às despesas resultantes do Estado de Emergência”.

A câmara acrescenta que, “enquanto durar o estado de emergência, está interdita a realização de quaisquer eventos de natureza desportiva e cultural, reuniões ou ajuntamento de pessoas, independentemente do motivo ou natureza”.

Entre os eventos cancelados estão a Feira Medieval, o Festival do Solstício e o Encontro de História e Cultura Judaicas.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.