Terça-feira, 13 de Abril de 2021

“A corrupção é um dos maiores perigos da democracia”

Lamego acolheu, pelo segundo ano consecutivo, o Congresso Global de Direitos Humanos, onde mais de 70 especialistas de Portugal, Espanha e Brasil debateram o tema “Defesa da Democracia e do Estado Constitucional: os desafios das organizações e da sociedade civil na contemporaneidade”.

Ângelo Moura, presidente da Câmara Municipal de Lamego, alertou para os perigos dos regimes autoritários, que tiveram origem em concessões democráticas. “É um paradoxo que nos deve levar a refletir, em que todos “têm a obrigação de contribuir para o aprofundamento democrático”. “É bom que cada um de nós pense que está nas nossas mãos a manutenção deste regime”, sustentou, acrescentando que a “corrupção põe em causa o exercício da democracia e o próprio regime”.
O autarca sublinhou que “cada um de nós, nas pequenas práticas quotidianas, toma atitudes que levam os titulares do poder político a não agir com decência, transparência e ética, nós estamos diariamente a pôr em causa o regime e o

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.