Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Adega de Alijó “está a recuperar” a confiança dos associados

Depois de tempos conturbados, a direção está empenhada em resolver os problemas financeiros que assolaram a adega, estando neste momento a pagar dívidas antigas, entre as quais se destacam os pagamentos em prestações à Autoridade Tributária e à Segurança Social.

As dificuldades financeiras que assolaram a adega de Alijó ainda não estão ultrapassadas, no entanto a recuperação começa a ter sinais visíveis, com os viticultores a mostrarem confiança na direção liderada por José Canelas, que tomou conta da cooperativa quando esta quase entrou em insolvência.  

Depois de terem apresentado um Plano Especial de Revitalização (PER) ao tribunal, que o homologou, os novos membros da direção colocaram em prática um projeto que passou pela negociação das dívidas com os credores, pela redução da estrutura organizacional, tendo ainda sido estabelecido um acordo a longo prazo com o seu principal parceiro, a Amareleza, em que “está assegurado o escoamento dos vinhos a granel, o seu engarrafamento, a utilização

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.