Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Aeródromo municipal encerrado com exeção para voos prioritários

A Câmara de Chaves anunciou o encerramento do aeródromo municipal como medida preventiva da Covid-19, criando exceções para os voos estatais, proteção civil, humanitários e serviços públicos obrigatórios.

O município do distrito de Vila Real disse hoje, em comunicado, que decidiu avançar com “medidas suplementares de natureza extraordinária, com vista a mitigar o risco de transmissão secundária da pandemia de Covid-19 no concelho”.

Nesse sentido, determinou o encerramento do aeródromo municipal ao tráfego, abrindo exceções para os voos estatais, da proteção civil, humanitários e serviços públicos obrigatórios.

Os Transportes Urbanos de Chaves (TUC) ficam também reduzidos a alguns horários e fica condicionado o acesso aos locais de atendimento ao público, designadamente balcão único, serviços descentralizados de água e saneamento, espaço do cidadão e atendimento ao emigrante.

Decidiu ainda pela prorrogação excecional do prazo de pagamento das faturas de água e das rendas de habitação social, por um período adicional de 90 dias, cujo vencimento ocorra até ao final do primeiro semestre de 2020.

O município suspendeu o corte de abastecimento e água e de eventuais processos de despejo de habitações sociais, bem como o pagamento de parquímetros na cidade, vigorando esta medida até ao final do mês de maio.

Determinou ainda o encerramento do parque de estacionamento coberto do centro histórico, exceto a portadores de avença, do parque de campismo do Rebentão, dos parques infantis municipais, das instalações sanitárias públicas e restringiu o acesso aos cemitérios municipais.

Verificou-se ainda o corte do abastecimento de água nos bebedoiros públicos existentes nos espaços públicos, designadamente no espaço Polis, e o reforço dos meios humanos e materiais alocados ao Gabinete de Proteção Civil Municipal.

A Câmara de Chaves garante a manutenção do apoio social às populações mais vulneráveis, em coordenação com as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, e o serviço de alimentação nas escolas do ensino básico (Jardins de infância e 1º. Ciclo) aos alunos do escalão A e B, que o solicitem.

Nos serviços municipais recorreu-se ao teletrabalho e a realização de reuniões de trabalho, sempre que possível, deve ser feita por videoconferência.

O município garantiu ainda a “salvaguarda do direito dos trabalhadores à totalidade da sua remuneração, no âmbito das medidas definidas no despacho”.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos no país subiu para dois.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 200 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.200 morreram.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.