Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Águia voa cedo para a vitória

Um Benfica a atravessar a melhor fase do campeonato venceu com toda a tranquilidade e justiça um Desportivo de Chaves também num bom momento, mas que foi incapaz de suster os encarnados, que tiveram em Jonas a sua grande figura. 

-PUB-

FUTEBOL NACIONAL I LIGA

Dois golos dentro dos primeiros 20 minutos e outro no início da segunda parte garantiram os três pontos à equipa de Rui Vitória, que quis decidir cedo o jogo. 

Sem poder contar com a sua grande estrela, Matheus Pereira, Luís Castro lançou Jorginho na equipa titular, mas este não fez esquecer o seu colega. Também o Benfica estava privado de André Almeida, que foi rendido por Douglas. De resto, as equipas mantiveram o figurino tático que têm apresentado: 4x3x3.

Os transmontanos entraram bem na partida e dispuseram de uma boa oportunidade aos 4’, com Djavan a cruzar da esquerda e Jorginho, solto na grande área, a cabecear ao lado. O jogo estava aparentemente

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.