Sábado, 19 de Junho de 2021

Alunos fizeram greve em defesa do planeta

Ministro do Ambiente referiu que esta “é a causa” que deve preocupar todos e não apenas os jovens, pois é o futuro da humanidade que está em risco 
 

-PUB-

Não eram muitos, mas as suas vozes fizeram-se ouvir na manhã de sexta-feira em frente à câmara municipal e depois na Avenida 1.º de Maio, onde decorreu a cerimónia de inauguração da Unidade de Saúde Familiar Nuno Grande, que contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa.

“A terra está a morrer e os políticos a ver”. Esta era uma das muitas mensagens que tentaram transmitir a quem passava por aquelas artérias da cidade. 

Com os cartazes levantados, os cerca de 70 estudantes faltaram às aulas para participar na greve mundial, que se realizou na sexta-feira, em defesa do ambiente e para exigir medidas políticas urgentes para travar as alterações climáticas. 

António Lopes, aluno da escola secundária de

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.