Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Amigos Abeira Douro, 3 | Casa Benfica de VPA, 4

Início da partida veloz, com ambos os contendores na procura do golo, numa altura em que os guarda-redes se exibiram a grande nível. A Casa do Benfica colocou-se em vantagem, através de Octávio Barbosa que, no seguimento de um canto, não deu hipóteses ao guardião contrário, através de um remate forte. Reagiram os da Abeira Douro, mas a não conseguirem ultrapassar o obstáculo que dava pelo nome de Rui Viegas.

-PUB-

A Casa do Benfica aproveitou para elevar o score, de novo por Octávio Barbosa, com o esférico a bater ainda num defensor adversário e a entrar na baliza. O técnico reguense coloca em jogo Dinis Araújo e tudo se alterou, já que este atleta foi um autêntico quebra-cabeças para o último reduto adversário. Depois de esbanjar uma excelente oportunidade para reduzir, acabaria mesmo por marcar na jogada seguinte. O jogo estava numa toada de parada e resposta, com as oportunidades a surgirem, mas os guarda-redes estavam em evidência, ao evitar os golos nas suas balizas. A 5 minutos do intervalo surgiu a melhor jogada desta primeira metade, que foi culminada com o remate vitorioso de António Eira, que assim fez a igualdade. Antes do intervalo, no seguimento de um livre, Rafael Gonçalves leva o esférico a bater na quina da barra. Pouco depois foi David Carvalho a imitar o seu colega. Houve ainda um penálti, mas Rafael não conseguiu marcar.

Na segunda metade, a Casa do Benfica aguentou a pressão dos reguenses e soube aproveitar uma desatenção de um defensor adversário, com Octávio Barbosa a fazer o seu terceiro tento no encontro. Na jogada imediata, os aguiarenses podiam muito bem ter dilatado a vantagem, mas falhou a concretização. Pouco depois, o homem do jogo, Octávio Barbosa, fez novo golo. Com uma vantagem de dois golos, os aguiarenses não se expuseram em demasia, mas a redução surgiu por Luís Lameirão, em remate de fora da área. Os minutos finais foram alucinantes, mas o resultado acabaria por não se alterar.

Vitória da equipa mais eficaz, que assim levou a Taça AFVR para casa.

 

Ficha Técnica

Jogo no Pavilhão dos Desportos, em Vila Real.

Árbitros: Mário Gonçalves/Rui Rocha.

Cronometrista: Igor Rodrigues.

 

ABEIRA DOURO: André Magalhães; João Carvalho, Ricardo Oliveira, Pedro Oliveira e Luís Lameirão.

Suplentes: Tiago Teixeira, Paulo Fonseca, António Eira, Dinis Araújo, António Santos, Miguel Monteiro e Fernando Mendes.

Treinador: Márcio Mota.

 

CASA DO BENFICA VPA: Rui Viegas; Rafael Gonçalves, David Carvalho, David Monteiro e Octávio Barbosa.

Suplentes: Diogo Santos, João Vaz, Bruno Bastos, Leonardo Fernandes, Fernando Teixeira, Hugo Marques e José Borges.

Treinador: Tiago Xavier.

 

Ao intervalo: 2-2.

Marcadores: Octávio Barbosa (4), Dinis Araújo, António Eira e Luís Lameirão.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.