Quinta-feira, 15 de Abril de 2021

Árbitros dizem-se descontentes e avançam para greve

Os homens do apito acusam o presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Associação de Futebol de Vila Real de falta de coerência nas nomeações.

A VTM contactou alguns árbitros e a opinião é unânime. “Até há uns anos, as nomeações eram feitas de forma mais ou menos equilibrada. Hoje, esse senhor nomeia quem quer e bem lhe apetece e nós gostávamos de saber quais os critérios até porque não achamos normal que, num fim de semana, um árbitro apite três jogos e outros fiquem sem nenhum”.

Os árbitros acusam ainda o CA de falta de diálogo e abertura para resolver a situação.

Confrontado com as razões desta paralisação, Carlos Moreira, presidente do CA, diz não perceber a “atitude”.

“A falta de diálogo e abertura de que falam não corresponde de todo à verdade. Temos um bom relacionamento com a maior parte dos árbitros e estamos disponíveis para eles 24 horas por dia”.

A greve está marcada para o fim de semana de 18 e 19 de janeiro e só a partir da próxima segunda-feira é que se terá noção de quantos árbitros vão aderir.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.