Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Autarquia anuncia “circuito sénior” e alargamento de horário

Duas ou três vezes por mês, os Lares de Terceira Idade vila-realenses vão ser visitados por uma carrinha repleta de memórias, novidades, histórias de ficção, entretenimento e tudo o mais que é possível vivenciar, através das páginas de um livro. O “Circuito Sénior” da Biblioteca Itinerante foi apresentado, no Dia Internacional do Idoso, numa cerimónia […]

PUB

Duas ou três vezes por mês, os Lares de Terceira Idade vila-realenses vão ser visitados por uma carrinha repleta de memórias, novidades, histórias de ficção, entretenimento e tudo o mais que é possível vivenciar, através das páginas de um livro. O “Circuito Sénior” da Biblioteca Itinerante foi apresentado, no Dia Internacional do Idoso, numa cerimónia que ficou ainda marcada por outras novidades, para a população, em geral, como o alargamento do horário de funcionamento da Biblioteca Municipal

Centenas de livros da Biblioteca Municipal Júlio Teixeira vão viajar até aos vários Lares de Terceira Idade do concelho de Vila Real, com a implementação do “Circuito Sénior” da Biblioteca Itinerante, anunciou, no dia 1, Dia Internacional do Idoso, a autarquia vila-realense.

Segundo Manuel Martins, Presidente da Câmara Municipal de Vila Real, o objectivo é levar a Biblioteca Móvel até aos lares, duas ou três vezes, por mês, para que os livros da Biblioteca Municipal possam chegar a toda a população.

“Estamos a falar de pessoas que, muitas vezes, nutriram, durante toda a vida, o hábito pela leitura e que, de um momento para o outro, ao entrarem para os lares, viram-se privadas deste hábito”, considerou o autarca, adiantando que a carrinha viajará, até aos lares, repleta de livros, revistas e filmes.

Vítor Nogueira, responsável pela Biblioteca Municipal, explicou que “a carrinha deverá visitar cada lar duas vezes por mês” e que “já estão garantidos acordos com seis instituições do concelho”, embora o objectivo seja “envolver, neste projecto, a totalidade dos lares existentes”.

No mesmo dia em que a autarquia anunciou o novo serviço da Biblioteca, cerca de duas dezenas de idosos foram convidados a visitar as instalações daquele equipamento cultural, uma visita que, para muitos deles, foi a primeira.

“Não conhecia a Biblioteca. Gostei muito”, explicou Maria Varejão, uma das vila-realenses que receberá, no lar onde reside, a visita da Biblioteca Itinerante, uma iniciativa que considera “importante”, pois representa “uma boa maneira de me distrair”.

O Dia Internacional do Idoso serviu, ainda, para que a autarquia anunciasse o alargamento do horário de funcionamento da Biblioteca Municipal que, agora, nos dias úteis, se encontra aberta, ao público, até às 19.30 horas, inclusive durante o horário de almoço e, aos Sábados, entre as 9.30 e as 12.30 e as 14 e as 18 horas.

Mas as novidades não se ficam por aqui, já que a autarquia revelou, ainda, que foi assinado um protocolo, com a Corgobus, empresa que gere a rede de transportes públicos de Vila Real, o qual vai permitir que, cinco vezes por mês, de forma gratuita, os autocarros públicos levem as crianças das escolas da cidade até à Biblioteca. “Sabendo da programação da Biblioteca, as educadoras e professoras poderão agendar, previamente, as visitas dos seus alunos”, explicou Manuel Martins, salientando que a Biblioteca conta com uma programação mensal que vai desde a realização de “ateliers”, concertos, sessões de contos e exposições, estando já disponível o conjunto de actividades marcadas para este mês.

Prestes a completar um ano de existência, a Biblioteca Dr. Júlio Teixeira conta já com 900 leitores inscritos e uma média de 200 visitantes, por dia.

“A este ritmo crescente, esperamos chegar a uma média de 50 mil visitantes, por ano”, explicou Vítor Nogueira, adiantando que a autarquia tem feito um esforço e investimento acrescidos, no enriquecimento bibliográfico daquele equipamento que conta já com cerca de 40 mil livros.

Este mês, a Biblioteca tem à disposição dos vila-realenses, entre outras actividades, os “ateliers” “Pequenos investigadores” (no dia 17), “Pais Leitores, contadores de histórias” (actividade direccionada para pais e filhos, com o intuito de despertar o gosto pela leitura – dias 20 e 27) e “Leituras encenadas”, no dia 31, com a apresentação de “Mozart, o Menino Mágico”, pela Companhia de Teatro “Urze”.

 

Maria Meireles

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.