Quinta-feira, 30 de Maio de 2024
No menu items!

Autarquia entrega casa reabilitada a família

-PUB-

Um pouco por todo o concelho de Mesão Frio, a Câmara Municipal, através do seu Gabinete de Ação Social, continua a requalificar as habitações das populações comprovadamente vulneráveis, com vista a proporcionar-lhes melhores condições de vida. Hoje, uma família da freguesia de Cidadelhe começou a escrever um novo capítulo na sua história de vida, ao receber a chave da sua habitação recuperada, que antes da intervenção apresentava elevadas carências habitacionais.

Alberto Pereira, presidente da Câmara Municipal, juntamente com o presidente da Junta de Freguesia de Cidadelhe, Francisco Moreira, entregou a chave da nova habitação, ao agregado familiar composto por uma septuagenária e um filho, que padece de doença hepática grave e que agora poderá melhorar a sua condição de saúde. O presidente da autarquia agradeceu e elogiou o apoio da Junta de Freguesia, desejando as maiores felicidades aos moradores da nova habitação.

A remodelação total do imóvel, sem o mínimo de condições de habitabilidade, consistiu, essencialmente, em intervenções ao nível da estrutura e da cobertura da casa, na construção de novas paredes, novos revestimentos, pinturas interiores e exteriores, instalações elétricas, portas e acabamentos.

Para a concretização da intervenção, a autarquia mesão-friense levou a cabo um procedimento específico, de modo a que o orçamento conseguisse cobrir a recuperação total do imóvel, para assim, estabelecer condições condignas para esta família.

Esta iniciativa constitui mais um exemplo de boas políticas sociais desenvolvidas pelo município, na senda de melhorar, cada vez mais, a qualidade de vida dos mesão-frienses e de os fixar.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS