Sábado, 31 de Julho de 2021

Benefício fica-se pelas 102 mil pipas

Decisão foi conseguida, por unanimidade, numa reunião que demorou quase cinco horas, ainda que o número de pipas não seja totalmente consensual 

-PUB-

O conselho interprofissional do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) decidiu que, na vindima deste ano, 102 mil pipas de mosto serão transformadas em vinho do Porto, um valor que inclui uma reserva quantitativa de 10 mil pipas. Ao todo, são seis mil pipas a menos comparando com a vindima anterior.

“O quantitativo total foi fixado em 102 mil pipas de benefício. Significa isto que há 92 mil pipas de mosto a beneficiar que decorrem da programação normal de vindima”, às quais se juntam “10 mil pipas que são suportadas pelo reforço dos cinco milhões de euros que o Governo disponibilizou para a Região Demarcada do Douro”, afirmou o presidente IVDP, Gilberto Igrejas, à

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.