Terça-feira, 7 de Dezembro de 2021

Bombeiros de Boticas testaram negativo para Covid-19

Os bombeiros que vão integrar a 1ª fase do DECIR 2020 fizeram testes de rastreio à Covid-19 e os resultados deram negativo.

-PUB-

No âmbito do Protocolo estabelecido entre a Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIM-AT) e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), foram realizados, no início desta semana, testes de rastreio à COVID-19 aos Bombeiros de Boticas que irão integrar a 1ª Fase do Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais (DECIR) 2020 e todos eles deram negativo.

De igual forma, foram também testadas as funcionárias da Misericórdia de Boticas responsáveis pela realização dos Apoios Domiciliários, bem como as funcionárias das Creches e Jardins de Infância e os resultados foram igualmente negativos.

O presidente da Câmara Municipal de Boticas, Fernando Queiroga, manifestou a sua satisfação com o resultado dos testes, sublinhando que “por se tratar de grupos com um contacto muito alargado com outras pessoas na sua atividade diária, é fundamental despistarmos possíveis situações de infeção pelo novo coronavírus, pois esta é uma forma de garantirmos não só a segurança destes profissionais mas de toda a população e é também uma maneira de os deixar mais descansados, já que neste momento difícil estão sujeitos a uma elevada carga de stress e ansiedade, não só profissionalmente mas também na sua vida pessoal”.

O autarca reforça que “felizmente ainda não há qualquer caso confirmado no concelho de Boticas de infeção por COVID-19 e tudo faremos para que assim continue. A nossa população tem dado uma resposta muito positiva na adoção das necessárias medidas de proteção e de distanciamento social e os nossos profissionais, nas mais variadas áreas, têm demonstrado uma responsabilidade muito grande e evitado qualquer tipo de comportamento de risco, o que contribuiu, naturalmente, para nos mantermos mais protegidos, evitando o contágio”.

 

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.