Sábado, 2 de Julho de 2022

Cada equipa perdeu dois pontos

No primeiro tempo, o jogo foi equilibrado, com ascendente repartido por duas equipas vizinhas de valor muito semelhante.

Af Vila Real, Divisão de Honra

Enquanto os aguiarenses jogavam em transição, trocando passes apoiados, os ribeirenses optaram por um futebol mais direto, na tentativa de utilizar as pontas, servindo-se dos alas Mika e Barraca. Mas a defesa dos visitantes não concedeu oportunidades aos adversários, destacando-se Luís Silva e João, muito ativos.

Na segunda parte, o Vila Pouca cresceu, instalou-se no meio campo da formação de Justino Ribeiro, pareceu ter hipóteses de ganhar o jogo. Mas o contra-ataque do Ribeira de Pena, por força do avanço dos forasteiros, colocou em sobressalto, algumas vezes, o reduto defensivo contrário, valendo Nuno que executou um punhado de defesas valiosas. Também Rui Pedro se opôs com êxito a uma tentativa

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.