Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Cáritas de Vila Real apresentou plano

No dia 12 de junho, os Pe. José Manuel e Prof. Eugénio Fonseca, respetivamente assistente e presidente da Cáritas Portuguesa, estiveram em Vila Real para apresentar o plano estratégico da Cáritas Portuguesa para o triénio 2014-2016. Presidida por D. Amândio Tomás, Bispo de Vila Real, a reunião de apresentação decorreu na Casa Diocesana de Vila […]

-PUB-

No dia 12 de junho, os Pe. José Manuel e Prof. Eugénio Fonseca, respetivamente assistente e presidente da Cáritas Portuguesa, estiveram em Vila Real para apresentar o plano estratégico da Cáritas Portuguesa para o triénio 2014-2016.

Presidida por D. Amândio Tomás, Bispo de Vila Real, a reunião de apresentação decorreu na Casa Diocesana de Vila Real. Estiveram presentes Hélder Augusto Gonçalves de Oliveira, vice-provedor da Santa Casa Misericórdia de Vila Real, o Pe. Ricardo Pinto, Capelão do Hospital de Vila Real, e os membros da Direção da Cáritas de Vila Real.

Em conformidade com o Motu Proprio “Intima Ecclesiae natura” do Papa Bento XVI, o plano estratégico da Cáritas Portuguesa propõe pôr em comum, de forma coordenada, um conjunto de objetivos e orientações que tornam possível à Cáritas Portuguesa e às Cáritas Diocesanas – considerando as realidades específicas e singulares de cada Diocese – priorizarem uma ação social com sentido comum.

Do ponto de vista teológico, é de destacar que, pertencendo o serviço da caridade à natureza íntima da Igreja, assim como a proclamação da Palavra de Deus e a Celebração dos Sacramentos (DCE, n.25), também neste âmbito a responsabilidade do Bispo Diocesano para a realização desse serviço é de primária importância na medida em que deve cuidar para que as iniciativas de caridade sejam empreendidas no quadro da legalidade civil e canónica e no respeito da identidade e missão das várias organizações que atuam no âmbito do território diocesano.

Após a reunião, o Pe. Lúcio conduziu uma visita às novas instalações da Cáritas de Vila Real, cedidas pela Câmara Municipal de Vila Real, e agradeceu o contributo primordial da Cáritas Portuguesa na realização da missão que foi confiada à Cáritas de Vila Real.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.