Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

Cereja não teve festa, mas foi promovida

Com o cancelamento da Festa da Cereja, que se realizaria em junho, o município de Alfândega da Fé decidiu promover um mercadinho com os produtos locais, para compensar os prejuízos que os produtores tiveram com a pandemia de Covid-19.

-PUB-

São 12 os produtores que, até 14 de junho, aos fins de semana e feriados, vão estar no Mercadinho da Cereja de Alfândega da Fé e dos Produtos Locais a promover o que a região tem de melhor. 

“Infelizmente” como diz Luciano Silva, produtor de cereja, a festa dedicada ao fruto não se vai realizar, mas a autarquia arranjou uma estratégia para compensar quem iria estar no certame com esta iniciativa e a verdade é que o negócio, logo na abertura, prometia. “O meu marido estava a dizer para não trazer tanta porque as pessoas não vinham e não iam comprar, mas afinal, está a sair bem”, referiu Maria Beatriz Reis, também produtora de cereja, na

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.