Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
No menu items!




Colégio de S. José distinguido com nova bandeira Eco-escola

O Colégio Moderno de S. José reuniu no dia 15 de maio a comunidade educativa para hastear a bandeira Eco Escolas 2022, numa iniciativa "repleta de alegria e entusiasmo".

-PUB-

Depois do hastear da bandeira, os alunos envolveram-se em diversas atividades, com destaque para o projeto “Muros com vida” onde pintaram um mural alusivo ao tema da biodiversidade e “O mar começa aqui”, com a realização de uma pintura no espaço exterior da instituição.

Ao longo do ano, o colégio desenvolveu inúmeras atividades, como a criação de uma horta vertical, a separação de resíduos e compostagem, cujo substrato é utilizado nessa mesma horta, geração depositrão e foram feitas palestras como “a importância da água” e o “tratamento de resíduos”; uma caminhada ecológica e pedagógica, tudo isto, para além da reciclagem, sempre com o “objetivo de sensibilizar para a importância de respeitar e preservar a casa comum, que a todos pertence, o nosso planeta”.

Ao longo do ano, o colégio desenvolveu inúmeras atividades no âmbito do projeto eco-escolas, como a criação de uma horta, vertical, a separação de resíduos e até compostagem, cujo substrato é posteriormente utilizado nessa mesma horta. O objetivo “é sensibilizar toda a comunidade educativa para a importância de respeitar e preservar a casa que a todos pertence, o nosso planeta”.

A Irmã Salomé Gonçalves sublinhou que “não se pode falar de educação sem a vertente ecológica, e que na essência desta instituição Franciscana Hospitaleira está o espírito ecológico que se procura incutir nos alunos, de forma contínua”.

Agradeceu ainda a presença do vice-presidente do município, Alexandre Favaios, que enalteceu o trabalho desenvolvido e mostrou disponibilidade para apoiar o colégio no âmbito destas atividades.

 

[adrotate group="24"]

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS




Mais lidas

[adrotate group="3"]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS