Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022

Combate ao tráfico de armas e droga culminou com a detenção de sete indivíduos

Uma grande operação de combate ao armamento ilegal, no distrito vila-realense, mobilizou mais de uma centena de agentes da GNR e da Polícia Judiciária e levou à detenção de vários indivíduos e à apreensão de diversas armas brancas.   Vila Real, Chaves, Valpaços, Montalegre, Peso da Régua, Boticas e Vila Pouca de Aguiar foram os […]

-PUB-

Uma grande operação de combate ao armamento ilegal, no distrito vila-realense, mobilizou mais de uma centena de agentes da GNR e da Polícia Judiciária e levou à detenção de vários indivíduos e à apreensão de diversas armas brancas.

 

Vila Real, Chaves, Valpaços, Montalegre, Peso da Régua, Boticas e Vila Pouca de Aguiar foram os concelhos “visitados” por uma operação conjunta da Extensão de Vila Real da Polícia Judiciária (PJ) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) que, na madrugada do dia 1, resultou na detenção de alguns indivíduos e na apreensão de vários objectos relacionados com o tráfego ilegal de armas e estupefacientes.

Segundo fonte da GNR vila-realense, as detenções “aconteceram nos concelhos de Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Montalegre”, e, dos sete infractores, cinco foram interpelados na “posse de armas proibidas”. Foram ainda detidos dois indivíduos do sexo masculino, por condução ilegal, um dos quais por excesso de álcool e o outro por conduzir sem habilitação legal.

Em comunicado, a PJ explicou que “a operação de prevenção criminal que envolveu cerca de 150 elementos, destinou-se à detecção de armas de fogo em situação ilegal e de eventuais situações de tráfico interno de armamento”, visando, numa primeira fase, “essencialmente, a fiscalização de bares, cafés e estabelecimentos de diversão nocturna, situados nos concelhos de Montalegre, Boticas, Valpaços, Vila Pouca de Aguiar, Peso da Régua e Vila Real”, e “já pela madrugada de domingo, passou a abranger também as fronteiras de Chaves / Vila Verde da Raia, Montalegre e outros locais”.

Durante a operação que resultou, também, na identificação de dezenas de indivíduos, foram ainda apreendidas “4 pistolas de calibre 6,35 milímetros ilegais, 1 boxer, 5 aerossóis de gás de defesa, 1 varão e 1 bastão telescópico, 1 bastão em madeira, 2 facas de mato e várias armas brancas, incluindo uma faca de arremesso”.

Os detidos foram presentes às competentes autoridades judiciárias das respectivas comarcas, no dia 2, “para efeitos de primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de outras medidas de coacção para além do Termo de Identidade e Residência”.

No dia 28, a PJ foi ainda responsável pela detenção, “fora de flagrante delito”, de um homem, de 43 anos de idade, presumível autor de dois crimes de homicídio qualificado, na forma tentada, praticados com recurso a um veículo automóvel”.

De recordar que os crimes em causa ocorreram na noite do dia 20, durante o convívio organizado no âmbito da Concentração Motard de Justes e que, desde então, o indivíduo apontado pela população pela prática de outros crimes andou a monte.

“O detido foi presente às autoridades judiciárias da Comarca de Vila Real, aguardando os ulteriores termos do processo, em prisão preventiva”, concluiu o comunicado da PJ.

 

MM

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.