Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Comércio tradicional o fim ou o início de uma nova era?

A situação do comércio tradicional tem vindo a agravar-se nos últimos tempos. Os comerciantes de Vila Real, Bragança, Murça, e Vila Pouca de Aguiar queixam-se da concorrência das grandes superfícies, da falta de clientes e da inatividade da Associação Comercial.

Comerciantes e clientes estão reticentes em relação ao futuro dos estabelecimentos comerciais e temem que a Rua Direita não recupere a dinâmica e a vivacidade que teve em tempos. Todos se recordam de ver as ruas cheias de gente, a entrar e sair das lojas, numa azáfama constante.

Hoje vêem-se muito menos pessoas a fazer compras na baixa, muito por culpa da “crise”, da “preferência pelas grandes superfícies”, ou até mesmo “pela falta de estacionamento”. A verdade é que muitos comerciantes estão já no limite das suas forças para conseguirem manter as portas abertas. As dificuldades aumentam de dia para dia e nem mesmo a chegada dos emigrantes consegue atenuar os efeitos da diminuição das vendas

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.