Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021

Comércio tradicional reabriu com otimismo moderado

Desde segunda-feira que a rotina regressou às ruas do comércio tradicional na cidade transmontana. Às 10h00, os comerciantes voltaram a abrir as lojas, encerradas desde o dia 13 de março, altura em que o país “parou” devido à pandemia do novo coronavírus. 

-PUB-

Na rua Direita a azáfama não era muita, mas já havia pessoas a comprar e filas à entrada dos barbeiros, que não têm tido mãos a medir para tanta procura.

Mais serenas e com menos movimento estavam as lojas de roupa, cosmética, sapatarias ou floristas. No entanto, a vontade de recomeçar a trabalhar era bem visível nos rostos destas pessoas, que mostraram “algum otimismo” quanto ao futuro.

Foi o caso de Ana Santos, que trabalha numa loja de roupa ao lado da Capela Nova. Depois de todo o trabalho de preparação para esta reabertura, Ana mostra-se “otimista”. “A loja está aberta há cerca de um ano e estava a correr muito bem. Agora, acredito que as pessoas

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.