Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Concelho com nova Unidade de Saúde Familiar

Depois das Unidades “Fénix”, “Corgo” e “Nuno Grande”, Vila Real “ganha” uma nova USF, uma estrutura que une vários profissionais no objetivo de garantir melhores cuidados de saúde primários aos cidadãos

-PUB-

Entrou em funcionamento no dia 4 a Unidade de Saúde Familiar (USF) Nova Mateus, a quarta Unidade do género no concelho de Vila Real e que, a funcionar no Centro de Saúde nº 2, está “preparada para servir até 9.230 utentes”.

Armando Vieira, diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) do Douro I – Marão e Douro Norte, explicou, em comunicado, que USF Nova Mateus é “constituída por uma equipa multidisciplinar com cinco médicos, seis enfermeiros e quatro secretários clínicos” e está direcionada para a prestação de “cuidados de saúde individuais e familiares”.

A funcionar entre as 8h00 e as 20h00, nos dias úteis, a nova unidade “disponibiliza à população uma carteira de serviços constituída por consulta programada, consulta de vigilância e prevenção, consulta no domicílio, consulta de doença aguda (consulta aberta), consulta não presencial, nas diferentes áreas do ciclo de vida, nomeadamente saúde familiar e saúde materna e infantil”.

“Atender todas as situações de doença aguda no próprio dia, proporcionar acesso a consulta programada em cinco dias úteis e consulta domiciliária em 24 horas e/ou de acordo com critérios clínicos, garantir a renovação de medicação crónica em 72 horas e a prestação de cuidados de saúde mesmo na ausência do médico ou enfermeiro de família” são os compromissos assumidos pela “Nova Mateus”.

Para o diretor do ACeS, a USF localizada no Centro de Saúde de Mateus “representa uma melhoria na oferta de cuidados de saúde primários do Serviço Nacional de Saúde à população”.

As USF representam um novo modelo de organização dos serviços de saúde que nasceu da Reforma dos Cuidados de Saúde Primários.

A primeira USF do concelho começou a funcionar em Dezembro de 2007, também no Centro de Saúde de (Mateus) com a denominação “Fénix” e reunindo nove médicos para um universo de cerca de 16 mil utentes. Entretanto já nasceram no concelho outras duas unidades do géneros no Centro de Saúde nº 1, a USF Corgo e a USF Nuno Grande.

Segundo dados da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar, existem atualmente, de norte a sul do país, mais de 400 USF em atividade, que servem 4,9 milhões de portugueses.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.