Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Congresso procura estratégias para inovar e dar novo rumo ao termalismo

Como inovar e encontrar estratégias diferenciadoras que possam trazer novas oportunidades para o termalismo terapêutico e de bem-estar são os objetivos principais do Congresso Internacional que acontece em Chaves, já nas próximas quinta e sexta-feira e tem o alto patrocínio do Presidente da República.

-PUB-

Especialistas nacionais e internacionais vão debater novos caminhos para o setor e respetivos territórios, juntando-se, num mesmo espaço, as perspetivas médica e de investigação, a par com especialistas em áreas como inovação, gestão, tecnologia, comunicação, entre várias outras.

O desenvolvimento dos territórios termais, marketing e tecnologia, a valorização do recurso Água Mineral Natural, a gestão e inovação e a Medicina Termal e investigação são alguns dos temas em debate neste Congresso Internacional de Termalismo, que acontece no Hotel Premium Chaves – Aquae Flaviae. Durante dois dias, estarão reunidos em Chaves médicos, empresários e gestores, geólogos, representantes de organismos, internacionais e nacionais, e outras entidades e profissionais que desenvolvem atividade relacionado com o Turismo de Saúde e Bem-Estar.

A iniciativa reúne nomes internacionais, nos fóruns de discussão e partilha de ideias, entre os quais Lars Schaefer, da Project M estará presente com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, Alessio Picarella, do Institute for Health – Chianciano Terme, Elena Mucci, do Architects Studio Silvia Giannini, Carlos Abella, representante da Spain Cares entre outros. Pedro Cantista, Presidente da Sociedade Portuguesa de Hidrologia Médica e Climatologia e da Internacional Society of Medical Hydrology, Vitor Leal, Presidente da Associação Termas de Portugal, Edson Athayde, da FCB Lisboa, Helena Rodrigues, Especialista em Marketing, Manuel Silva, Hidrogeólogo da SuperBock Group são alguns dos nomes nacionais que integram os vários painéis. 

A iniciativa é organizada pela Associação das Termas de Portugal e pela Sociedade Portuguesa de Hidrologia Médica, em parceria com a Câmara de Chaves.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.