Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

Contas e relatório de gestão da autarquia aprovados por unanimidade

Os documentos de prestação de contas e o relatório de gestão financeira da câmara municipal de Mesão Frio, referentes ao ano de 2018, foram aprovados por unanimidade, em reunião ordinária do executivo.

-PUB-

O prazo médio de pagamento das obrigações a fornecedores, que em 2017 era de 68 dias, passou a ser cumprido no ano de 2018, no prazo médio de 41 dias. Com a rigorosa gestão financeira liderada pela governação do executivo socialista, tem sido possível consolidar as contas da Câmara Municipal, mantendo Mesão Frio no rumo do equilíbrio orçamental e do crescimento sustentado. 

Em 2018, o controlo orçamental foi mantido, evidenciado na elevada taxa de execução da receita e da despesa, correspondente à taxa de execução próxima dos 80% respetivamente. Destaca-se ainda, a diminuição significativa da dívida global a terceiros, a redução dos encargos financeiros com juros da dívida pública nos últimos 8 anos, bem como, a redução esmagadora da dívida pública da autarquia que, à data de 31 de dezembro de 2018 cifrava-se no montante total abaixo do limite de endividamento de 5.392.117,34€.

Do ponto de vista da gestão financeira municipal, do dinamismo dos projetos realizados, da política de proximidade implementada junto da população mesão-friense, o ano de 2018, foi um exemplo da união e da vontade, com a efetivação dos resultados alcançados. Em primeiro plano esteve a vertente social e humanista, no desenvolvimento de uma política de proximidade, destinada a resolver com celeridade e eficácia os problemas com que os mesão-frienses diariamente se debateram. 

O envolvimento e a participação ativa das Juntas de Freguesia e de outras forças vivas do concelho, nomeadamente das instituições, das associações, das empresas e dos cidadãos, voltaram a revelar-se fundamentais para a projeção de uma imagem positiva de Mesão Frio.

O trabalho demonstra que tem sido possível promover uma dinâmica municipal orientada para a concretização de projetos e ações de relevante importância para o desenvolvimento local, num quadro claro de consolidação da saúde financeira do município.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.