Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

Controlo das fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha a partir das 23h00

O controlo das fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha vai passar a ser feito a partir das 23:00 de hoje, sendo também a esta hora que vão ser suspensas as ligações aéreas, ferroviárias e fluviais entre os dois países.

-PUB-

Em conferência de imprensa em Lisboa, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, adiantou que estas medidas vão vigorar até 15 de abril e inserem-se no combate à pandemia do Covid-19.

“As fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha serão a partir das 23:00 de hoje (24:00 em Espanha) sujeitas aos controlos” e apenas nove pontos de fronteira vão estar em funcionamento, disse o ministro.

Eduardo Cabrita ressalvou que todas as deslocações que “não sejam de mercadorias ou de trabalho" vão estar impedias a partir desta noite entre Portugal e Espanha.

“Estão impedidas todas as deslocações turísticas e de lazer entre os dois países”, disse, referindo que nos nove pontos de fronteira “apenas será autorizada” a circulação de veículos de mercadorias, pessoal diplomático, acesso a cuidados de saúde e saída de cidadãos estrangeiros que residam em outras países da União Europeia.

Segundo o Ministério da Administração Interna, os pontos de fronteira em funcionamento são Valença-Tuy, Vila Verde da Raia-Verín, Quintanilha-San Vitero, Vilar Formoso-Fuentes de Oñoro, Termas de Monfortinho-Cilleros, Marvão-Valência de Alcântara, Caia-Badajoz, Vila Verde de Ficalho-Rosal de la Frontera e Vila Real de Santo António-Ayamonte.

 O ministro anunciou também que a partir das 23:00 de hoje vai ser suspenso o tráfego aéreo entre Portugal e Espanha, bem com as ligações ferroviárias e as duas ligações fluviais que existem no Minho e no Algarve.

 “Foi decidido que seria suspenso o tráfego aéreo entre os dois países a partir do final do dia de hoje. A partir de hoje não teremos voos entre os aeroportos nacionais e os aeroportos espanhóis”, disse Eduardo Cabrita, acrescentando que estão também suspensas a atracagem de embarcações de recreio e desembarque de passageiros em marinas.

“Estas restrições correspondem às regras europeias de gestão de fronteiras e integram-se nas orientações hoje aprovadas na reunião de ministros da Saúde e da Administração Interna” da União Europeia, afirmou ainda.

A declaração de Eduardo Cabrita foi feita ao mesmo tempo do ministro do Interior espanhol em Madrid.

O Governo declarou na sexta-feira o estado de alerta no país, colocando os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão, e suspendeu as atividades letivas presenciais em todas as escolas a partir de hoje, impondo restrições em estabelecimentos comerciais e transportes, entre outras.

Portugal registou hoje a primeira morte por Covid-19, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido, e há 331 pessoas infetadas, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.500 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.