Segunda-feira, 18 de Outubro de 2021
@ DR

Docentes vão ter formação sobre aulas digitais

A Direção-Geral da Educação vai lançar uma formação sobre o ensino através de meios digitais dirigida a diretores escolares e professores, numa altura em que já é sabido que as aulas do 2º período serão à distância.

-PUB-

A primeira edição da Formação para a Docência Digital e em Rede, desenvolvida em colaboração com a Universidade Aberta, arranca na quarta-feira e dura cerca de três semanas.

Em comunicado, a tutela explica que esta formação, dirigida a diretores escolares e extensível a mais dois professores por instituição, vai permitir “desenvolver as melhores estratégias de acompanhamento dos alunos, começando pelos diretores e equipas”, no contexto de ensino à distância que vai marcar, para a maioria dos alunos e professores, todo o terceiro período.

As aulas recomeçam esta terça-feira, mas à distância, à semelhança daquilo que aconteceu durante as duas últimas semanas do 2º período, depois de o Governo ter suspendido as atividades letivas presenciais, desde 16 de março, como forma de conter a disseminação do novo coronavírus.

A transição e a adaptação ao ensino à distância representou um desafio para muitos docentes e o objetivo da iniciativa hoje anunciada pelo Ministério da Educação é “aprofundar as melhores metodologias de ensino e aprendizagem inerentes ao ensino a distância”.

A formação assíncrona, em que já estão inscritos cerca de 750 agrupamentos de escolas, tem um total de 25 horas e vai abordar temas como a educação e comunicação online, métodos pedagógicos virtuais, plataformas e tecnologias digitais online e atividades de aprendizagem e avaliação online.

Apesar de a primeira edição se destinar sobretudo a diretores escolares, a tutela pretende alargar o curso a todos os professores.

O Governo anunciou na quinta-feira que os alunos do 1.º ao 10.º ano de escolaridade não vão regressar às escolas até ao final do ano letivo e que as aulas presenciais dos alunos dos 11.º e 12.º ano continuam, para já, suspensas, devido à pandemia da covid-19.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.