Sábado, 2 de Julho de 2022

Dois militares da GNR acusados de corrupção

Dois militares da GNR estão acusados pelo Ministério Público (MP) de, a troco de dinheiro, informarem os proprietários de um bar localizado em Vila Real, sobre ações de fiscalização que iriam ocorrer nas imediações. 

Além dos dois militares, outras quatros pessoas são acusadas pelo MP pelos crimes de lenocínio, auxílio à imigração ilegal, recebimento indevido de vantagem e corrupção ativa e passiva.

O bar funcionava no antigo restaurante Carvalhinho, localizado na Estrada Nacional (EN) n.º15, que liga Vila Real a Amarante. Era conhecido como um bar de alterne, onde se praticava a prostituição, por mulheres de várias nacionalidades.

A Procuradoria-Geral Distrital do Porto revela ainda que “os factos reportam-se à exploração da prostituição por quatro dos arguidos, com recurso maioritário a mulheres brasileiras em situação irregular em território nacional, levada a cabo num café, situado na EN 15, em Mondrões, Vila Real, de janeiro de 2012 a 23 de janeiro de

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.