Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Douro em Festa Vilar de Maçada, julho 2014

Durante o verão o Douro adquire o seu máximo esplendor: sol, calor, vinhas verdejantes, árvores carregadas de frutos, férias, turismo, vinda dos emigrantes, festas, eventos, enfim uma época bastante movimentada com vários polos de atração que, esperamos, animem as nossas gentes e as nossas terras que bem precisam, para esquecer, pelo menos durante algum tempo, o deficit, a dívida e a austeridade.

-PUB-

A boa disposição, a alegria da confraternização, dos piqueniques, das romarias, dos bailes e dos arraiais, as visitas dos turistas e dos emigrantes, dominarão estes meses de julho e agosto naquilo que gostaríamos de designar de “Douro em Festa”, a que se seguirão as vindimas, ponto alto da economia da nossa região. A Festa de cada aldeia, vila ou cidade é sempre um momento mágico, de regresso ao passado, às recordações felizes da nossa infância e adolescência, sem esquecer, evidentemente, a gratidão para o/a nosso/a Santo/a padroeiro/a que nas missas e/ou nas procissões é envolvido numa manifestação de fé de grande solenidade. Em Vilar de Maçada, o nosso padroeiro é o Senhor Jesus da Capelinha

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.