Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Douro recebe a maior maratona motorística da Europa

A 7 e 8 de junho, o concelho de Sabrosa será o epicentro da maior concentração motorística realizada até hoje no Douro, que ligará a terra onde nasceu Fernão de Magalhães à Praia dos Pescadores, no coração de Albufeira, em pleno Algarve. Armamar, Tabuaço, Moimenta da Beira e Sernancelhe serão outros concelhos que farão parte […]

-PUB-

A 7 e 8 de junho, o concelho de Sabrosa será o epicentro da maior concentração motorística realizada até hoje no Douro, que ligará a terra onde nasceu Fernão de Magalhães à Praia dos Pescadores, no coração de Albufeira, em pleno Algarve. Armamar, Tabuaço, Moimenta da Beira e Sernancelhe serão outros concelhos que farão parte deste percurso.

A 17ª edição do “Lés- a-Lés”, organizada pela Comissão de Mototurismo da FMP – Federação de Motociclismo de Portugal – , terá a participação de cerca de 1200 motards e conta no prólogo, numa das suas etapas, com a colaboração da Câmara Municipal de Sabrosa. As inscrições já se encontram praticamente esgotadas, o que revela o interesse desta iniciativa.

No próximo domingo, o Parque B.B. King, situado no centro da vila, funcionará como uma autêntica “boxe” desta prova, com as verificações técnicas e documentais. Um momento único, que os aficionados do motorismo não devem perder, tendo em conta todo o aparato e colorido proporcionado pelas equipas presentes. O primeiro concorrente abrirá o prólogo desta maratona por volta das 12h00.

A animada caravana do “Lés-a-Lés” cumprirá, a 7 de junho, um “road-book” por algumas freguesias do concelho, em que os participantes realizarão um circuito de dezenas de quilómetros pelos principais pontos turísticos e terão um jantar de confraternização oferecido pela Câmara Municipal.

Sendo este um acontecimento com um grande impacto promocional do concelho e da própria região duriense, o presidente da autarquia, José Marques, refere que este evento trará “elevado residual económico”, com a mobilização de cerca de dois mil visitantes. “São pessoas que vão interagir com os habitantes, nomeadamente através de visitas a terras diferentes, parando aqui e acolá para conversar com as populações, conhecer as potencialidades locais, fazer fotos, comer ou beber. Neste momento, a capacidade hoteleira e de outras unidades de acolhimento do concelho e da região encontra-se esgotada para os dias da concentração, o que por si só reflete o impacto do evento”.

Depois do prólogo pela região do Douro, a segunda etapa, a 8 de Junho, levará a caravana a percorrer 350 km, desde Sabrosa a Castelo Branco, incluindo uma curta incursão em território espanhol.

O último dia de viagem inclui 500 quilómetros que levam a caravana de Castelo Branco até Albufeira, um percurso em que participantes terão de percorrer troços na zona do Baixo Alentejo e na serra algarvia.

Nesta prova, que terá também o apoio do Moto Clube Terras de Magalhães, cada equipa participante integrará duas pessoas, calculando a organização que em cada percurso a cumprir o tempo rondará em média 12 horas. A velocidade prevista no total da maratona deverá ser inferior a 50 quilómetros por hora.

A edição deste ano do Portugal de Lés-a-Lés, no que se refere ao traçado oficial, decorrerá de 7 a 9 de junho e vai percorrer mil quilómetros de norte a sul do país, entre Sabrosa e Albufeira, evitando as autoestradas, itinerários principais ou complementares.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.